Ácidos para a beleza da sua pele!

Ácidos para a beleza da sua pele!

Você faz algum tratamento com ácidos? Sabe o efeito que eles causam em sua pele? Dependendo do princípio ativo e da concentração utilizada, os ácidos podem ajudar a rejuvenescer, eliminar manchas, clarear a pele e combater a produção excessiva de óleo.

Publicidade

A principal função dos ácidos é esfoliar a pele e descamar, como se fosse uma “troca de pele”. Assim, elimina as células mortas prevenindo cravos e espinhas e combatendo os já existentes. Os ácidos atuam na derme estimulando a produção de fibras colágenas e elásticas, deixando uma textura mais firme, suavizando rugas superficiais e, em alguns casos, até eliminando manchas escuras da pele.

Tipos de ácidos

  • Fítico: antioxidante e clareador, encontrado nas sementes das plantas e nos grãos de alguns cereais.
  • Bórico: tem função antisséptica e aparece nas formulações de loções tônicas e adstringentes.
  • Fenol: através de um peeling profundo, combate os sinais extremos de envelhecimento. É dolorido e para a sua aplicação é necessária anestesia local.
  • Hialurônico: está presente naturalmente em nosso organismo, enrijecendo e amaciando a pele. A partir dos 30 anos de idade, sua produção cai e a reposição se faz necessária através de cremes manipulados.
  • Málico: extraído da maçã, deixa a pele viçosa, clareia manchas e atenua rugas. É encontrado em cremes industrializados ou manipulados.
  • Mandélico: esfoliante e clareador ameniza poros abertos e pode ser utilizado em peelings ou cremes.
  • Resorcina: usado em cremes ou peelings, é indicado para tratamentos de acne.
  • Ácido Tricloroacético (ATA): Usado em peelings, retira a camada superficial da pele dando lugar a uma nova. Tem efeito agressivo, criando uma crosta que permanece por cerca de dez dias, para depois surgir uma nova, bastante vermelha e sensível. É preciso fugir do sol por três meses.
  • Azeláico: ácido responsável para clarear sardas e melasmas (manchas do sol).

Ácidos Mais Utilizados

Ácido Retinóico

Derivado da vitamina A, é considerado o mais eficaz para combater o fotoenvelhecimento e a acne, conferindo maior firmeza e elasticidade à pele. Seu grande trunfo é tratamento da acne, do envelhecimento pela ação do sol e de estrias recentes. Utilizando antes dos peelings, afina e uniformiza a pele, facilitando a penetração da substância escolhida para o procedimento.

É recomendado em peelings no inverno ou em cremes de uso noturno. Inicialmente, deixa a pele descamada e vermelha e é necessário proteger-se contra o sol usando FPS acima de 15.

Ácido Glicólico

É extraído da cana-de-açúcar e tem grande poder de rejuvenescimento, agindo como esfoliante químico. Pode ser usado no verão e aparece em cremes ou peelings. Além de seus poderes hidratantes, promove uma leve esfoliação da camada superficial da pele. Com isso, facilita sua própria penetração e a de outras substâncias. Também acelera a renovação celular, deixando a pele mais lisa e uniforme. Trata manchas e cicatrizes de acne, mas sua indicação principal é o foto-envelhecimento e hidratação do rosto e corpo.

Pode causar irritação em pessoas predispostas, alérgicas ou com pele sensível. O fato de não reagir com o sol não deve ser usado como pretexto para ir tomar sol. Pela sua ação esfoliante, a pele se torna mais sensível e fina, suscetível, portanto, a manchas e irritações. Antes de se expor ao sol, é preciso lavar o rosto, retirar completamente o ácido e passar um protetor solar acima de FPS15.

Ácido Kójico

O Ácido kójico é uma substância produzida por um cogumelo japonês chamado Koji, que é usado também na fermentação do arroz.

A vantagem do ácido kójico é que ele não é fotossensível, ou seja, não mancha se a pele é eventualmente exposta ao sol. Por isso pode ser usado inclusive durante o dia. Além do seu efeito despigmentante, o ácido kójico também atua como antisséptico, impedindo a proliferação de fungos e bactérias na pele.

Ele também tem ação antioxidante, ajudando na prevenção do envelhecimento cutâneo e pode ser usado em formulações junto com ácido glicólico, vitamina C, entre outros ativos. A principal desvantagem é por ele ser menos potente do que a hidroquinona como clareador, e por isso os resultados costumam levar mais tempo para aparecer.

Hidroquinona

A hidroquinona é o ingrediente ativo mais prescrito pelos médicos dermatologistas para tratar manchas na pele. Mas ela não é bem tolerada: várias pessoas tem alergia com esse ácido.

A hidroquinona é bastante eficaz no combate às manchas na pele e continua sendo bastante prescrito, seja em produtos prontos ou em manipulados.

A hidroquinona age diretamente nos melanócitos, dificultando a reação química de formação da melanina (responsável pela pigmentação da pele). Isso ao mesmo tempo que degrada as bolsas que guardam a melanina dentro das células — tendo, portanto, ação dupla.

A ação da hidroquinona é lenta e os resultados costumam começar a aparecer apenas após 2 meses de uso diário do produto. É muito importante manter uma proteção intensa contra o calor e sol, já que a hidroquinona deixa a pele mais sensível.

Cuidados com os Ácidos

Ácidos para a beleza da sua pele!

Como os ácidos deixam a pele mais fina, ela fica mais vulnerável à ação dos raios ultravioletas do sol. Portanto, quem está fazendo o tratamento com ácidos é sempre orientado a proteger a pele do sol constantemente, utilizando filtros solares com alto fator de proteção no seu dia-a-dia.

Quem não está disposto a evitar o sol (ficar na praia exposto ao sol forte, por exemplo), não deve fazer estes tratamentos. Querer tratar a pele sem abrir mão de se queimar ao sol é uma contradição, pois é a radiação solar a principal responsável pelo envelhecimento.

Se as exigências com a proteção solar forem respeitadas, os tratamentos com ácidos não levam ao envelhecimento, muito pelo contrário.

Meninas, se vocês sofrem com problemas de manchas na pele, protejam-se sempre! Usar protetor solar diariamente é fundamental!

É interessante também evitar produtos à base de soja que contenham fitoestrógenos — os hormônios podem agravar o problema.

Como existe uma grande variedade de agentes clareadores, é essencial consultar um médico dermatologista já que o tratamento é longo e difícil. É fundamental uma avaliação precisa da sua pele antes de aplicar qualquer produto.

341 comentários para “Ácidos para a beleza da sua pele!”

  1. Avatar de Marcilane Magalhaes

    Gastava muito dinheiro com auto medicaçao,nada dava resultado.ate que procurei uma dermatologista.a consulta e cara mais vale a pena.hj faço tratamento com acidos manipulados e estou tendo otimos resultados

  2. Avatar de Edynna

    Hidroquinona 8% nas axilas e virilha funcionam.

  3. Avatar de Luciana Zanivan Casagrande

    Fiz três semana de tratamento com um ácido e não deu resultado,quanto tempo devo esperar para passar outro ácido?

  4. Avatar de Joelma

    Minha pele está descamando com o ácido posso usar o rolo com agulhas e posso fazer uma esfoliacão?

  5. Avatar de Erivania

    Oi Joelma nunca faça isso de esfoliar sua pele,vc tá em tratamento,sua pele está mais sensível,se vc esfoliar vai fica mais sensível ainda,passa bastante hidratante isso ajuda e muito!!!

  6. Avatar de Keury Rodrigues

    Oi quero saber se a hidroquinona clareia a área das cochas, minhas cochas são muito escuras 😔😔😔

1 3 4 5

Obs: Quer colocar sua foto nos comentários? Descubra como aqui (link abre em outra janela).

Deixe um Comentário

Sorriso Sorrisão Piscadela Ri demais! Zoeira Sério?! Triste Vergonha Malvado Confuso Legal Raiva