Menstruar ou não menstruar?

Menstruar ou não menstruar?

Esse é um assunto que ainda causa muita polêmica. Há o lado dos que são totalmente contra interromper a menstruação. O que eles alegam? Que menstruar é natural e que se você parar pode fazer mal a sua saúde. Mas afinal existe comprovação científica de que parar de menstruar pode prejudicar a saúde?

O tema dividiu a opinião dos médicos e, pior, confundiu a cabeça das mulheres. A boa notícia é que toda essa controvérsia serviu de estímulo à realização de um estudo científico que testou cada um desses métodos para responder definitivamente se vale a pena parar de menstruar.

Para alguns especialistas, suspender a menstruação não só livra a mulher de um incômodo mensal como também seria o melhor tratamento contra anemia, endometriose (inflamação do revestimento interno do útero), mioma (tumor benigno do útero), cólica e tensão pré-menstrual. Até existe certo consenso entre os especialistas quanto ao uso de hormônios para tratar doenças, mas boa parte deles discorda da prescrição para casos de TPM ou apenas pela praticidade de não menstruar mais.

Entre os principais motivos dos que se opõe está o fato de que, com a suspensão da menstruação, perderiam-se duas funções importantes da menstruação: indicar para o organismo que 1) o óvulo não foi fecundado e 2) que está tudo correndo bem com o organismo.  A ausência do sangramento regular pode indicar, por exemplo, problemas nas glândulas tireoide e suprarrenal. Ou seja, ao se interromper a menstruação, a harmonia desse ciclo ficaria comprometida, interferindo até no nosso temperamento.

Essas questões foram colocadas à prova em um estudo científico do Centro de Apoio à Mulher com TPM do Hospital das Clínicas de São Paulo, ligado à Universidade de São Paulo (USP). Durante dois anos, foram acompanhadas voluntárias que queriam bloquear a menstruação por sofrer de TPM intensa. O objetivo era verificar o nível de eficácia dos medicamentos disponíveis no mercado: checar se amenizavam os sintomas, interrompiam mesmo a menstruação e apresentavam efeitos colaterais.

Menstruar ou não menstruar?

Conclusão

Durante os dois anos de acompanhamento no estudo, não se comprovou nada que interromper a menstruação pode causar algum dano à saúde da mulher.

Em relação aos sintomas físicos da TPM (inchaço, cólica e dor de cabeça), o implante de progesterona, que suspende a menstruação por até três anos, apresentou a melhor atuação.

Quanto às pílulas, se você já toma e não tem efeitos colaterais, elas também são eficazes. Porém, muitas mulheres alegaram que a menstruação não foi totalmente interrompida, houve pequenos sangramentos irregulares (chamados pelos ginecologistas de spotting).

Ao interferir nos processos naturais do organismo, todos os medicamentos apresentam vantagens e desvantagens. Inclusive há situações em que a suspensão da menstruação pode até salvar vidas.

Na verdade, cada caso é um caso: você deve fazer o que te faz sentir melhor. Se você menstrua e é feliz, se sente bem, continue menstruando, mas se a menstruação te aborrece, prejudica seu bem-estar, procure auxílio de um médico para fazer o tratamento adequado para você.

207 comentários para “Menstruar ou não menstruar?”

  1. Quer ver sua foto nos comentários? Clique aqui! (link abre em outra janela)

    Eu uso gestinol 28 há quase 1ano , e ainda sinto dores nos ovários sera normal e fora os sangramentos que são com freguesias !!!

    1. Quer ver sua foto nos comentários? Clique aqui! (link abre em outra janela)

      Acredito que é melhor ir a um ginecologista pra ver se você não tem sistos.

Obs: Quer colocar sua foto nos comentários? Descubra como aqui (link abre em outra janela).

Deixe um Comentário

Sorriso Sorrisão Piscadela Ri demais! Zoeira Sério?! Triste Vergonha Malvado Confuso Legal Raiva

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

Que outro assunto você gostaria de buscar?