Para a mulher que gosta de se cuidar

Chá de Erva-Doce: Delicioso Aliado contra a Má Digestão

Chá de Erva-Doce: Delicioso Aliado contra a Má Digestão

Quem não exagera de vez em quando na alimentação? Esses dias, acabei comendo demais e fiquei com a digestão muito lenta e me sentindo pesada.

Publicidade

Por acaso, tomei um chá de erva-doce, sem nem saber dos seus benefícios, e fiquei impressionada como melhorei instantaneamente. Desde então, passei a comprar as sementinhas para fazer parte do meu dia a dia, até porque achei o chá uma delícia.

A erva-doce ou funcho é uma erva comum usada em várias culinárias ao redor do mundo. É uma excelente fonte de muitos nutrientes como: fibras, vitamina A, vitamina C e minerais como: cálcio, ferro, magnésio, potássio, zinco e fósforo. Contém ácido cafeico (substância antioxidante) que combate os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele. Os flavonoides também estão nesta erva e são importantes porque aumentam o nível de glutationa, nossa principal defesa antioxidante, sendo também um supressor eficaz da inflamação crônica.

Indicação do Chá de Erva-Doce

No meu caso, ele foi milagroso para a má digestão, mas o chá de erva-doce também é indicado para: enxaquecas de origem digestiva, cólicas menstruais e infantis, asma, náuseas e vômitos durante a gravidez, acidez estomacal, bronquite, cólica intestinal, gases, palpitação e tosse crônica. Outras vantagens: diminui a densidade e aumenta a fluência do muco dos pulmões; também aumenta a produção de leite materno.

Benefícios do Chá de Erva-Doce

Chá de Erva-Doce: Delicioso Aliado contra a Má Digestão
  • Contêm óleos essenciais que ajudam na formação de enzimas digestivas. Estas enzimas ajudam na desintegração apropriada dos alimentos dentro do corpo. Ele contém anetol, que ajuda na absorção dos nutrientes e também diminui a inflamação no estômago e intestinos.
  • O consumo de erva-doce  pode ajudar na redução da distensão abdominal e flatulência. Contém também ácido aspártico, que tem propriedades laxativas, podendo ser útil no tratamento da constipação.
  • A erva-doce é conhecida por melhorar as funções cognitivas. O potássio presente na erva-doce ajuda na manutenção da condução elétrica do corpo. Ele também é útil para a circulação adequada de oxigênio para as células do cérebro e nervos que os tornam ativos. A memória é reforçada pelo seu consumo.
  • Melhora casos de diarreia. Contém aminoácidos conhecido como histidina, que é benéfica para uma digestão adequada e pode evitar tais doenças.
  • Devido à alta concentração de compostos anti-inflamatórios e antioxidantes, o consumo de erva-doce estimula a melhora da defesa imunitária no nosso organismo, deixando-nos mais resistentes a infecções virais simples (como gripes e resfriados).
  • Contém vários óleos essenciais, como cineol e anetol que ajuda no fornecimento de calor para o corpo. Bronquite, tosse e frio podem ser mantida à distância pelo consumo de erva-doce. Acalma a congestão nasal e garganta.
  • Erva-doce é diurética e, assim, podem ser útil na desintoxicação do corpo, proporcionando um corpo saudável. O ácido málico pode também ajudar a desintoxicação celular de metais tóxicos, em especial de alumínio e estrôncio.
  • Erva-doce é benéfica para as mães durante amamentação, uma vez que promove a produção de leite. Além disso, também ajuda na regulação do ciclo menstrual e dos hormônios.
  • Por ser rica em antioxidantes, a erva-doce protege contra danos dos radicais livres prevenindo o envelhecimento precoce e rugas.
  • A erva-doce ainda possui anetol, que estimula as glândulas e a musculatura do tubo digestivo, aumentando a salivação, secreções pancreáticas e biliares e aumentando a competência digestória, diminuindo gases e cólicas.
Chá de Erva-Doce: Delicioso Aliado contra a Má Digestão

Como preparar o chá?

Para preparar o chá, você vai precisar de:

  • ½ litro de água
  • 2 colheres de sopa de sementes de erva-doce secas

Em um recipiente, coloque a água e leve ao fogo, aguardando alcançar fervura. Em seguida, adicione as colheres de erva-doce e desligue o fogo, deixando a mistura descansar por cerca de cinco minutos. Coe e consuma em seguida. Consuma no máximo 2 xícaras do chá por dia.

Contraindicações do Chá de Erva-Doce

O consumo de erva-doce é contraindicado para gestantes, pois as sementes podem desencadear contrações e, em certos casos, levar até ao aborto. Além disso, é contraindicado para pacientes com úlcera duodenal, refluxo, colite ulcerosa ou diverticulite.

E você, já experimentou chá de erva-doce?

22 comentários para “Chá de Erva-Doce: Delicioso Aliado contra a Má Digestão”

  1. Avatar de Ana

    Eu tb gosto muito desse chá, faço sempre… bom saber que é saudável.

  2. Avatar de Julio

    😎 Gostei muito da esperiencia que essa colega teve do cha de ERVA DOCE e vivendo e aprendendo. Eu tenho chas em casa e comprei por ouvir que e muito bom agente ter que tomar isso eu tomo como exemplo o povo do Oriente como exemplo de longividade e saude,mas lendo esse exemplo de vida fico muito satisfeito em saber desses beneficios que o cha ou os chas nos propocionão.

  3. Avatar de Daphne

    Muito bom. 😉 😉 😉

  4. Avatar de Tania Cristina Correia

    Amo chá de erva-doce!

  5. Avatar de F(ávio.me((@

    Uma plantinha tão simples, com tantos benefícios para o organismo humano…. Interessante mesmo!!!

  6. Avatar de Rosângela Souza

    Aqui em casa não falta, me dou super bem com erva-doce. Aliás adoro chás.

  7. Avatar de Daiane Aparecida

    Adoro esse chá…

  8. Avatar de Flavinha

    Vou comprar hoje mesmo para experimentar… as vezes tenho má digestão

  9. Avatar de Glaucia Nogueira

    Adoro chá de erva-doce, tomo a noite para ajudar a relaxar, é uma delícia, misturo com camomila.

  10. Avatar de Juliana

    Eu tomo quando estou com cólica e gasez.

  11. Avatar de Silvana

    Amei o artigo, não conhecia, irei comprar.

  12. Avatar de Ivone

    parabéns !!Boa matéria, adorei não sabia que era tão bom assim , pois gosto bastante dessas sementinhas de cheiro super agradável, costumo por elas na massa do bolo de fubá qdo faço fica uma delícia .

  13. Avatar de Leda Bastos

    vou começar a tomar

  14. Avatar de Jordana

    Amei o artigo

  15. Avatar de Joquebede

    Amei o artigo,vou comprar hoje mesmo e telefonar para uma amiga e avisar para ela,pois ela precisa muito desse chá.Obrigada

  16. Avatar de Juliana

    Ótima matéria!! Mas fiquei com uma dúvida… Onde tem as indicações fala que é bom para náuseas e vômitos durante a gravidez.. porém em contraindicações fala que não é indicado durante a gestação, pois pode causar contrações e até aborto. E ai, grávidas podem ou não consumir este chá??

  17. Avatar de Adriana Prado

    Já conhecia os efeitos digestivos, mas geralmente faço uso pelo sabor mesmo.
    às vezes uso para saborizar a água que uso pra preparar chá verde pela manhã.

    Beijo

  18. Avatar de Lu. B.

    Olá, só fazendo uma correção. O chá de erva-doce pode sim ser tomado por grávidas. Minha ginecologista e minha nutricionista disseram que tanto a erva-doce quanto a erva cidreira estão liberadas durante a gravidez.

  19. Avatar de Cleo

    Eu tomei qdo estava com flatulencia, gases foi exelente

  20. Avatar de Lana Bello

    ❤️Amo chazinho de erva doce❤️

  21. Avatar de Julio

    Gostaria de saber se comer casca de ovo causa cauculos e se um bêbê quando come terra isso pode causar cauculos?

  22. Avatar de Aline

    Nossa esta me ajudando muito obg pela dica Deus te abençoe 🙂

Obs: Quer colocar sua foto nos comentários? Descubra como aqui (link abre em outra janela).

Deixe um Comentário

Sorriso Sorrisão Piscadela Ri demais! Zoeira Sério?! Triste Vergonha Malvado Confuso Legal Raiva