Para a mulher que gosta de se cuidar

Como cuidar da pele com rosácea?

Como cuidar da pele com rosácea?

A rosácea é uma doença inflamatória de pele crônica, cujos sintomas envolvem áreas de vermelhidão na pele e lesões inflamadas, especialmente nas bochechas, nariz, testa e queixo. Muitas vezes começa entre as idades de 30 e 50 anos e afeta mais mulheres do que homens.

Publicidade

Quando os primeiros sintomas aparecem, podem ser confundidos com queimaduras solares. Conforme a doença se agrava, a vermelhidão torna-se mais duradoura e óbvia.

A rosácea provoca vermelhidão no rosto e pode produzir pequenas elevações na pele, semelhantes à acne, daí também ser chamada por alguns de acne rosácea.

A rosácea é considerada uma doença crônica da pele, incurável e se caracteriza por alternância entre períodos de melhora e agravamento. Ao contrário da acne comum, a maioria dos pacientes com rosácea não melhora com o passar dos anos, pelo contrário: se não houver tratamento, a doença torna-se cada vez mais evidente.

Sintomas da Rosácea

  • Vermelhidão facial. Pequenos vasos sanguíneos no nariz e bochechas muitas vezes incham e tornam-se visíveis.
  • Protuberâncias no rosto que se assemelham a acne.
  • Secura ocular e pálpebras avermelhadas, com irritação e inchaço.
  • Nariz alargado. Raramente, a rosácea pode engrossar a pele do nariz, fazendo com que ele adquira um aspecto grosseiro.
Como cuidar da pele com rosácea?

Tipos de Rosácea

Existem cinco subtipos de rosácea, que variam conforme ela se manifesta:

  • Eritemato telangectasia: A pele adquire um tom avermelhado, rosado e diminutos vasos (telangectasias) se tornam evidentes, principalmente na região centro facial, próximo às laterais do nariz. O avermelhamento pode ser agravado por vários fatores, entre eles: o álcool, sol, estresse, exercícios físicos e calor. Quem possui a rosácea pode ter a sensação de estar com a pele pinicando ou queimando. Neste caso, a pele é mais sensível e não se pode utilizar creme abrasivos ou ácidos.
  • Rosácea pápula pustulosa: Nesse tipo de rosácea, soma-se ao tom avermelhada o aparecimento de lesões pápulo-pustulosas em surtos, como se fossem espinhas. Nesse tipo, a rosácea lembra a acne – tanto que por muito tempo foi chamada de acne rosácea.
  • Rosácea ocular: atinge a região dos olhos. Cerca de 20% dos casos são descobertos em visita a um oftalmologista. O indicativo da doença é uma inflamação (chamada de blefarite) com avermelhamento e descamação na área dos cílios. Este tipo é o mais grave, pode evoluir para a perda da visão.
  • Granulomatosa: Sua característica principal é o aparecimento de pequenos nódulos acastanhados na face. Cerca de 15% dos pacientes com a doença podem ter lesões em outros locais. Seu diagnostico é difícil e requer um alto grau de suspeição por parte do dermatologista
  • Rosácea fimatosa: Esse é o tipo menos frequente de rosácea. Seria um estagio final da doença. A pele torna-se espessada, endurecida e avermelhada, com poros dilatados. A rosácea fimatosa é caracterizada pelo aumento e infiltração de áreas como as glândulas sebáceas do nariz e é comum em homens com mais de 50 a 60 anos.

Causa da Rosácea

A causa da rosácea ainda não é totalmente conhecida, mas estudos apontam para uma combinação de fatores hereditários e ambientais. Sabe-se que a doença surge por uma combinação de vários fatores, entre eles, anormalidades no sistema imunológico, reações inflamatórias a microrganismos da pele, lesões por raios ultravioleta e disfunção dos vasos sanguíneos.

Para a rosácea mais comum, algumas práticas simples já pioram o problema, entre elas: bebidas alcoólicas, temperaturas extremas, exposição ao sol, estresse, exercício extenuante e muito banhos quentes.

Nas pesquisas sobre os mecanismos fisiopatológicos causadores da rosácea, a teoria mais aceita no momento é a de que o sistema imunológico inato, que é a primeira linha de defesa do nosso complexo sistema imunológico, age de forma intensa quando exposto a determinados estímulos externos, como raios solares, traumas físicos ou químicos, ou germes presentes na pele. Esta resposta anômala do sistema imunológico inato provoca inflamação da pele e dilatação dos seus pequenos vasos sanguíneos mais superficiais, levando à vermelhidão, sensação de calor e ao aparecimento de pequenos vasos no rosto.

Entre os germes que podem estar relacionados à rosácea, dois se destacam: o ácaro Demodex folliculorum e bactéria Bacillus olenorius, ambos normalmente presentes na nossa pele.

Como cuidar da pele com rosácea?

Tratamento da Rosácea

A rosácea, a princípio, não tem cura. No entanto, com o tratamento adequado, a maioria das pessoas consegue controlar os sintomas e evitar que a doença se agrave. Alguns tratamentos utilizados:

  1. O tratamento do tipo mais comum é feito com produtos tópicos, como metronidazol 0,75%, ácido azelaico 0,75%, peróxido de benzoíla e retinoides tópicos. O objetivo principal do tratamento é diminuir a inflamação do paciente, usando as substâncias citadas cerca de 1 a 2 vezes por dia.
  2. Uma alternativa é a utilização de oximetozolina e da brimonidina. Ambos diminuem e controlam o flushing (vermelhidão). É bom lembrar que eles não curam a rosácea, mas diminuem o sintoma do avermelhamento. Os inibidores da calcineurina também melhoram a inflamação.
  3. Também é bastante útil o uso do laser ou da luz pulsada para vasos. A luz do laser atinge os vasos, promove sua destruição e clareia a região. Os tipos de laser mais utilizados são o Pulsed Dye Laser e NdYag. O tratamento para rosácea com laser é feito em consultório dermatológico, e destrói os vasos de sangue visíveis no rosto que causam a vermelhidão na pele, assim como o tratamento com luz pulsada.
  4. Alguns antibióticos em comprimidos possuem propriedades anti-inflamatórias e ajudam no controle da inflamação, podendo ser usados nos casos de rosácea pápulo-pustulosa. Os mais comuns são tetraciclina, minociclina e eritromicina.
  5. A isotretinoína é uma medicação habitualmente usada nos casos de acne severa, mas que também é útil nos casos graves de rosácea, que não respondem ao tratamento inicial.

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e nunca se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Cuidados em casa

Além de evitar os fatores agravantes e seguir o tratamento indicado pelo dermatologista, adotar hábitos simples ajuda a combater a sensibilidade da pele. É recomendado o uso de protetor solar, sabonete com enxofre e pH fisiológico, além de borrifamento com água termal.

Quem gosta de maquiagem para disfarçar a vermelhidão do rosto deve preferir produtos hipoalergênicos, corretivo e base em tom verde, que neutraliza a cor vermelha da rosácea. É melhor do que usar uma camada muito grossa de base, que pode irritar ainda mais a pele.

No tratamento natural para rosácea, o gel de aloe vera e a água de rosas tem sido usados para aliviar e prevenir os sintomas da rosácea na pele, assim como o pepino pode ser usado para diminuir a sensibilidade dos olhos para tratamento da rosácea ocular. Estes tratamentos naturais são recomendados para prevenir os sintomas da rosácea, com o benefício de não provocar efeitos colaterais como os outros tratamentos.

Cosméticos para Rosácea

Os cosméticos não vão resolver o problema, eles são como coadjuvantes no tratamento e ajudam muito a manter a aparência da pele saudável.

Rosaliac Ar Intense La Roche Posay - Tratamento Antivermelhidão
Redness Solutions Daily Relief Cream Clinique - Cuidado Hidrante Facial Diário
Redness Solutions Instant Relief - Pó Compacto Efeito Matificante
La Roche-Posay Rosaliac CC Crème
Eau Thermale Antirougeurs Avène - Tratamento Antivermelhidão
Anna Pegova Emulsion Equilibrante – Hidratante para Rosácea

Para mais informações sobre cada produto, os links abrem em uma nova janela ou aba de seu navegador. Essa é uma pesquisa dos produtos mais eficientes e recomendados, e os links são todos para lojas confiáveis.

E você, tem rosácea? Te incomoda muito? O que faz para melhorar?

31 comentários para “Como cuidar da pele com rosácea?”

  1. Avatar de Eliete Sobral

    Ótimo seu post, tenho rosácea e é uma luta, mas cuidando os sintomas ficam bem menos visíveis. 🙂

  2. Avatar de Liliana

    Olá! Adorei mesmo as informações, eu tenho rosácea, uso uma fórmula manipulada pela dermatologista, mas não vejo muita melhora.

  3. Avatar de Jussara

    eu tenho, começou a pouco tempo, nao faço tratamento, gostei das dicas.

    1. Avatar de Mere Lima

      Uso Betacortazol creme e baby derme em partes iguais. Aplico só nos vermelhoes. Antes de dormir. Me tira das crises.

      1. Avatar de Manuela Marinho

        Eu tenho muitas sardas na cara mas o que mais me incomoda é no pescoço está todo vermelho e sarapintado a dermatologia diz que não tem cura mandou-me pôr protetor solar fator 50 todo o ano o que posso fazer?

  4. Avatar de Bruna

    Gostei das dicas, eu tenho minha pele avermelhada mas nunca fiz um exame para saber se tenho rosacea, mas pelo jeito sim…

  5. Avatar de Silvia

    Eu tenho esse problema, minha pele fica muito irritada e vermelha com o calor e o sol, acido retinoico e hidroquinona minha pele não tolera, sabonetes muito abrasivos, esfoliantes, produtos com álcool. Já testei muito coisa até saber o que minha pele se adapta melhor. Dos cremes calmantes já usei dois da Roc, um da La Roche, porem o único que tive resultados foi o da Avene.Acido, o melhor para minha pele é o Azelan. Gel de limpeza, sempre invisto um pouco mais, pq faz muita diferença um limpador sem sabão, alterno entre o Efacclar, Normaderm e Cleanance. O segredo é usar produtos adequados e não agredir a pele com esfoliantes e ácidos pesados, menos é mais para quem tem rosácea.

    1. Avatar de Samanta Andrade

      Gostei das suas dicas, porque uso alguns produtos e noto que minha pele fica vermelha e irritada…pelo jeito tenho rosacea, vou procurar um dermato.
      Nunca imaginei que fosse isso, mas lendo esse artigo e vendo seu depoimento, me ajudou muito.
      Obrigada

      1. Avatar de Silvia

        No meu caso procuro usar poucos produtos, porem adequados, se percebo que algum irrita minha pele eu suspendo pq uma agressão pode ocasionar manchas em uma pele pigmentada e sensível, o vermelho hoje pode ser o marrom amanhã.
        É válido procurar um dermatologista para te indicar os produtos adequados a sua pele.

    2. Avatar de Rossane

      Silvia, vc usa alguma maquiagem num tom diferente para esconder o vermelho da pele?

      1. Avatar de Silvia

        Sempre uso base com fundo amarelado, aquele bb cream da loreal cor clara é ótimo na minha pele, base da mary key tb, a beige 1 ou a 300 de cobertura media. Maquiagem com fundo rosado ressalta ainda mais o vermelhidão, o amarelado neutraliza.

    3. Avatar de Rosangela

      Bola também tenho Rosacea e uso um sabonete incrível da marca Adcos diminui as inflamacoes procure no site da arcos na linha Acre solution ele sabonete gel vós vão amar e não posso ficar sem

  6. Avatar de Arlete

    nunca tive nem conhecia,isto é mais facl de cuidar do que cuidar de melasma,eu tenho e esta dificil de clarear,naõ sei mais o que usar.

  7. Avatar de Janaína

    Comecei com rosacea há uns meses, é muito ruim tratar, a dermatologista passou uma fórmula manipulada e cremes para pele sensivel, estou gostando do resultado.

    1. Avatar de Maria Aparecida Oliveira Santana

      Janaina qual creme está usando??

  8. Avatar de Barbara

    Muito bom, não sei se tenho rosacea, mas tenho a pele super sensivel que fica sempre vermelha. Nunca pensei sobre isso, mas pelo que parece é rosacea.

  9. Avatar de Ana Paula

    Eu tenho, é uma chatice, tem que ficar prestando atenção sempre no que vai usar na pele. A minha pele é hiper sensível.

  10. Avatar de Elisângela

    Post excelente. Tenho rosácea e é um sofrimento. Ainda para agrava a situação, tenho pele reativa ou atópica, se vc puder faz um post sobre esse tipo de pele também. Bjo

  11. Avatar de Silene

    Olá, não sabia que existia este tipo de problema de pele, mas agora estou alerta. Muito boa a matéria como sempre estão de parabéns bjussssssssssssss.

  12. Avatar de Míriam

    Tenho rosácea há alguns anos , mas só ano passado que ao procurar o dermatologista ele detectou a doença e iniciou um tratamento com Antibióticos e cremes e hoje estou muito bem. Tem que controlar, usar os cremes indicados e nada de cair na curiosidade de ficar comprando cremes e cremes milagrosos, pois, o médico sabe o que é melhor para sua pele. O essencial nesse tratamento contínuo , é o uso diário do filtro solar toque seco, é ele que te protege realmente das agressões rotineiras da pele e controla a oleosidade que faz tão mal a pele com rosácea. Para lavar, água sempre de morna para fria, a água muito quente não é legal e sabonetes líquido ou em barra indicados pelo médico. Na falta, utilizo o de glicerina, que, no meu caso, não faz mal.

  13. Avatar de Geny Calicchio

    Muito bom saber que existe tratamento para esse tipo de problema, eu tenho uma amiga e uma cunhada com esse problema.
    Obrigada pela informação!!!!!

  14. Avatar de Glenilene

    Que interessante! estou com minha pele assim, vermelha, sensível…mas não imaginava que pudesse ser rosacea, na verdade eu não sabia bem o que era e agora tirou minhas duvidas, obrigada.

  15. Avatar de Raiminda Sette

    ola, eu tenho esse problema so esse ano descobrir… tinha muita vergonha, ja estava afetando psicogicamente… tinha vergonha ate de sair de casa… minha filha tinha vergonha de sair comigo, porque as pessoas ficavam olhando… eu me sentia a pessoa mais horrivel do mundo… essa doença começou depois que eu me separei…
    mais com os tratamentos estou bem melhor…
    ja consigo ate fazer fotos com as minhas filhas, coisa que raramente eu fazia…

    1. Avatar de Shirlei Nunes

      Nossa eu também me sinto assim 🙁
      Não posso fazer nem caminhada, se eu subo a escada da minha casa já fico extremamente vermelha.

    2. Avatar de Rosangela

      Também tenho problemas com fotos…….e quando está muito irritada tenho
      Vergonha as pessoas ficam perguntando se chorei de tão vermelha e irritada q fica….

  16. Avatar de Maria Silva

    Eu nao tinha mais depois de um peeling de diamante minha pele ficou vermelha e sensível, me arependi completamente estou desesperada com essa pele .

  17. Avatar de Zilda

    Estou com a pele bem irritada, fiquei sabendo que é rosácea, isso me deixa mal, me dá vergonha de sair e acho muito chato que ficam me perguntando e bem desagradável

  18. Avatar de Fran

    Fui dormir bem e acordei com a cara toda vermelha, fiquei sem saber o que fazer, como sou alérgica a várias coisas fui procurar saber tudo sobre o meu dia passado, o que comi etc,
    Fui ao médico no dia seguinte, já não estava tão feio como no dia anterior, o médico passou aveeno baby eczema therapy, não comprei, no dia seguinte tava tudo vermelho outra vez, fui na pharmacy comprei o tal Aveeno baby Eczema Therapy, pois não é que tô bem melhor.
    Mas tecomendo ir ao médico, pois só ele conhece melhor o seu problema.

  19. Avatar de Noemi Sá

    A minha fisioterapeuta me afirmou de forma categórica que se eu beber do meu xixi por 3 meses, minhas rosáceas somem. Ela disse que tinha e resolveu assim.
    Alguém já ouviu sobre isso?

    1. Avatar de Shirlei Nunes

      Oi, sério?
      Vc já fez?
      Fiquei curiosa.

  20. Avatar de Paulo

    Pessoal a minha rosácea é descamativa. Fica cheia de casquinha. Alguém tem isso.

Obs: Quer colocar sua foto nos comentários? Descubra como aqui (link abre em outra janela).

Deixe um Comentário

Sorriso Sorrisão Piscadela Ri demais! Zoeira Sério?! Triste Vergonha Malvado Confuso Legal Raiva