Anticoncepcional

Anticoncepcional

A pílula anticoncepcional é uma combinação de estrogênio e progesterona com a função de inibir o amadurecimento dos óvulos. Sem óvulos não há ovulação, sem ovulação não há fecundação, e sem fecundação não há gravidez.

Além de ser indicada como um dos melhores métodos para se evitar uma gravidez indesejada, a pílula anticoncepcional pode ser indicada para tratamentos de endometriose, ovários policísticos, tensão pré-menstrual, cólica menstrual, problemas com oleosidade e acne.

Aplicação da Pílula

A pílula anticoncepcional funciona através da ingestão diária de uma pequena quantidade dos mesmos hormônios que são produzidos nos ovários.

Esta ingestão diária de hormônios tem a função de “enganar” o sistema de regulação simulando uma gravidez.

Quando termina a cartela, a ingestão do hormônio cessa e ocorre a menstruação.

A pílula deve ser tomada sempre à mesma hora. Nas embalagens de 21 comprimidos, toma-se todos os dias sem parar, interrompe-se durante 7 dias e inicia-se uma nova embalagem no 8º dia. Nas embalagens de 28 comprimidos, não há necessidade de interrupção.

Efeitos Colaterais do Anticoncepcional

Os efeitos da pílula variam muito de mulher para mulher: há mulheres que são muito mais sensíveis aos componentes da pílula que outras. Por isso, é importante consultar um ginecologista para que ele indique qual a pílula mais adequada no seu caso.

Anticoncepcional

Podem ocorrer os seguintes sintomas:

  • Retenção de líquido e conseqüentemente aumento do peso.
  • Alterações no humor, como irritação, agressividade e até mesmo depressão.
  • Dores de cabeça fortes e incomuns.
  • Indisposição no estômago ou vômitos.
  • Sangramento intermenstrual.
  • Alteração na libido.
  • Seios doloridos.

Pílula do Dia Seguinte

A pílula do dia seguinte é uma medicação de emergência utilizada em até 72 horas após uma relação sexual sem proteção, e tem como objetivo evitar a gravidez.

Esta pílula só deve ser usada em caso de emergência e não como método anticoncepcional de rotina. A ênfase no uso esporádico se justifica porque a pílula do dia seguinte libera um nível de hormônios altíssimo, podendo trazer efeitos colaterais sérios. O uso excessivo também faz com que sua eficácia diminua, além de facilitar distúrbios hormonais.

A pílula do dia seguinte deve ser usada conforme prescrição. Com o uso correto, ela não traz riscos para a saúde e pode prevenir a gravidez com muita eficácia.

327 comentários para “Anticoncepcional”

  1. Quer ver sua foto nos comentários? Clique aqui! (link abre em outra janela)

    oi, eu sou casada e tenho uma filha mas meu corpo não mudou nada depois disso, e queria ter um pouco mais de bubum, não tenho nada, to tomando micropil, será que algo vai mudar? Alguém teve um bom resultado nesse sentido?
    Obg galera, beijos, precisando tbm to aqui!

  2. Quer ver sua foto nos comentários? Clique aqui! (link abre em outra janela)

    Oq e alibido ?

1 4 5 6

Obs: Quer colocar sua foto nos comentários? Descubra como aqui (link abre em outra janela).

Deixe um Comentário

Sorriso Sorrisão Piscadela Ri demais! Zoeira Sério?! Triste Vergonha Malvado Confuso Legal Raiva

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

Que outro assunto você gostaria de buscar?